As cores estão de volta, será o fim dos cinquenta tons de cinza?

As cores estão de volta, fato. Será o fim dos cinquenta tons de cinza?

Vimos nos últimos anos o cinza e o preto invadirem a arquitetura e o design de interiores. Estilo industrial, design escandinavo, minimalismo e outras inspirações. Cimento queimado, blocos e concreto aparente … tubos, fios e esquadrias pretas.

Simples e bonitos esses detalhes criam ambientes CONTEMPORÂNEOS, sofisticados e cheios de personalidade. Mas também temos que admitir que um tanto frios e “distantes”.

Confirmando essa ideia vemos junto a adoção cada vez mais intensa de vegetação na arquitetura e na decoração, na intenção de dar mais vida aos interiores.

Mais recentemente, com influência clara da moda e do comportamento, as cores começaram a ganhar força na decoração. Ainda um pouco tímida mas com muita EXPRESSIVIDADE. Combinações monocromáticas de cores intensas têm agradado muito a arquitetos e designers.

Outra tendência clara são as cores pastéis que bem utilizadas dão um toque vintage ao projeto sem se perder a atmosfera contemporânea.

Então quer dizer que o cinza acabou? Não vamos mais ver o cimento e as pedras cinzas tão aclamadas?

Eu acho que não. O cinza não acabou.

A grande vantagem da evolução do design para mim é que não precisamos mais substituir uma coisa por outra.

Vejam só essas três ideias muito questionáveis:

1- o costume do “é isso ou aquilo”, se eu adotar um estilo não posso usar outro.

2- o novo substitui o velho, como adora e prega a indústria do consumo.

3- não serve mais, joga fora. O mau hábito do descartável.

Todos esses conceitos estão em franca decadência.

Para nós designers que somos formadores de opinião (ou pelo menos para mim) o que manda hoje é: “isso e aquilo”, “isso mais aquilo”, “TUDO AO MESMO TEMPO”.

Sustentabilidade, reciclagem, reuso, transformação. Essas são as tendências mais fortes.

Por isso digo que as cores estão de volta mas o cinza não acabou.

Eu uso o cinza, o azul, o verde e o rosa. O amarelo, o vermelho, o roxo e o laranja. O preto e o branco.

E principalmente uso o que mais eu quiser. Isso é tendência. E viva a LIBERDADE de expressão.

1 comentário em “As cores estão de volta, será o fim dos cinquenta tons de cinza?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *